Arquivos mensais: setembro 2016

Cerveja Bohemia/Wäls Oito e Um

Cerveja Bohemia/Wäls Oito e Um Session Stout

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês?

Fechando com chave de ouro a #StoutDayConfraria27 e #StoutWeekBMdC, falaremos de uma cerveja colaborativa entre duas grandes e respeitadas cervejarias nacionais: a Cerveja Oito e Um, uma Session Stout que além de seus ingredientes tradicionais leva também cacau, hortelã e cascas de laranjas, que foi desenvolvida pelo mestre-cervejeiro Humberto Croce, da Bohemia, e Christian Brandt, da Wäls, e ela promete surpreender quem acredita em um dos maiores mitos cervejeiros que existem, que cerveja escura é necessariamente forte. E esse nome diferente e original, é segundo a cervejaria essa ser a hora exata de se abrir a noite, às Oito e Um.

O “estilo” Session (digamos assim), já foi comentado anteriormente no blog, porém, faço a mea culpa, de forma errônea. Como assim BMdC? É que sempre comentei sobre o estilo Session IPA, como nas postagens da Cerveja Refrescadô de Safadeza da Cervejaria Urbana, a Wäls Session Citra IPA, e a Bella Session IPA, e não tinha comentado anteriormente que outros estilos cervejeiros podem ter a sua Session, ficando apenas a impressão de só existir o estilo Session IPA. Mas que raios é Session? O estilo Session é um estilo criado para ser consumido em grandes quantidades, mas sem perder sua qualidade, aroma e sabor. Para isso elas possuem um teor alcoólico mais baixo que o normal e um corpo mais leve. O estilo Stout não tem uma graduação alcoólica muito alta, mas mesmo assim vamos combinar que beber em grandes quantidades é mais “complicado” que beber grandes quantidades de uma Pilsen devido a Stout ser mais encorpada, a Session Stout chega para cobrir essa necessidade, quem gosta de uma boa Stout pode beber uma Session Stout em grandes quantidades com tranquilidade sem perder suas propriedades, mesma coisa com a Session IPA e outros estilos.

Vendidas em garrafas de 600 ml com apenas 4,0 % de graduação alcoólica e 22 IBUs de amargor, a Oito e Um é uma cerveja de cor castanho bem escura, espuma bege de excelente formação e média duração, deixando marcas de espuma ao redor do copo e formando um deliciado anel de espuma na borda do copo até o seu final. Seu aroma dá pra perceber um leve mentolado de maneira bastante sutil, de resto, o aroma de malte torrado de uma ótima Stout, sabor de café beeem forte, com um bom amargor seco e torrado. Os aromas e sabores das outras especiarias confesso que não percebi, mas isso não é motivo de desmerecer essa cerveja, muito pelo contrário, uma cerveja com aroma e sabor de uma Stout tradicional, mas com a leveza e a baixa graduação alcoólica que fazem a Oito e Um ser uma cerveja muito fácil de beber.

Segundo o site do Empório da Cerveja (www.emporiodacerveja.com.br) a Oito e Um combina muito bem com carnes vermelhas, petiscos e queijos de casca dura. E você que está lendo esse post, já experimentou a Oito e Um, cerveja colaborativa entre a Bohemia e a Wäls? O que achou dela? Gostou ou não gostou? Fala pra gente aqui no post, ou se preferir manda um e-mail para bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br, sua opinião é de extrema importância. Sejam sempre bem vindos a esse blog que é feito com tanto carinho, com tanto amor.

Saúde gente!!

Onde encontrei: Empório da Cerveja (http://www.emporiodacerveja.com.br/)

Valor: R$ 11,99

Pub Madalena agora abre aos domingos!

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês??

Quem conhece e gosta das cervejas da Cervejaria Madalena?? Sei que muita gente gosta das belas cervejas dessa marca de respeito daqui da minha terra, Santo André – SP. E para quem gosta e mora em São Paulo e Grande ABC, tenho uma boa notícia para vocês.

O Pub Madalena começa a atender em novo horário, a partir de agora os apreciadores da cerveja Madalena tem mais um dia para aproveitar o Pub no fim de semana. Com diversos estilos de cerveja, barbecue e música ao vivo, o pub funciona aos finais de semana: sextas, das 17h às 23h; sábados, das 12h às 22h; e agora também aos domingos, das 12h às 18h.

O Pub Madalena fica ao lado da fábrica da Cervejaria Premium Paulista, na Rua Araçatuba, 137, Bairro Santa Maria, em Santo André.

Quer conhecer mais sobre a Cervejaria Premium Paulista, fabricante da Cerveja Madalena?

A Cervejaria Premium Paulista chegou ao mercado em 2013, com o lançamento da marca Madalena – cerveja sem adição de antioxidantes, estabilizantes de espuma, ou qualquer aditivo químico. Possui em seu portfólio onze estilos, elaborados com técnicas exclusivas, insumos importados e processos de fabricação padronizados para assegurar o melhor resultado, sempre respeitando o tempo de produção da cerveja. Hoje, a companhia conta com mais de mil pontos de venda em todo o território nacional.

Então, o que você está esperando para conhecer esse belo local?? Dá só uma olhada nas fotos e veja que lugar lindo espera por você. Passa lá, beba uma boa Madalena e curta o dia. A gente se vê lá!

Saúde galera cervejeira!!!

Cerveja Blondine Volcano Cofee Stout

Cerveja Blondine Volcano Cofee Stout

Olá galera cerveja cervejeira! Tudo bem com vocês??

É HOJE! Quem acompanha o blog a algum tempo atrás já ouviu falar da @confraria27, reunião de grandes perfis cervejeiros que iniciou no Instagram e estamos invadindo a Internet Brasileira! E o que isso tem a ver com a postagem de hoje BMdC? Eu explico. É que hoje, dia 27 de setembro, estamos comemorando o #StoutDayConfraria27, em que cada um dos 27 integrantes irá postar várias fotos de várias Stouts tanto nacionais quanto importadas, podendo cada integrante postar quantas vezes quiser. No caso do BMdC, postarei três belas Stouts, mas aqui no blog farei algo diferente, se no Instagram faremos o #StoutDayConfraria27, aqui no blog faremos o #StoutWeekBMdC com as três cervejas que postarei no Instagram. E para começar com tudo, mas tudo mesmo, vou aproveitar essa cerveja para desabafar, falar de um sonho que tenho: Sonho com o dia em que eu for à padaria e ao invés de pedir um pão na chapa com café, pedirei um pão na chapa com uma deliciosa Volcano Cofee Stout, estupenda cerveja que faz a estréia da Cervejaria Blondine aqui no BMdC, excelente cervejaria da cidade de Itupeva – SP.

Na realidade já falamos da Cervejaria Blondine aqui no blog, mas de uma forma indireta, pois é nessa bela cervejaria que é feita as cervejas da Cervejaria Urbana que falamos anteriormente no blog como as espetaculares Gordelicia e Refrescadô de Safadeza. Agora, é hora de falar de uma cerveja própria da marca, e olha, manteve a alta qualidade das outras que foram citadas recentemente.

Cervejaria fundada em 2010, a Blondine foi idealizada para a criação de produtos diferenciados para o público premium. Especializada na produção de chopp e cervejas de altíssima qualidade, com fórmulas das escolas européias, as matérias primas são importadas de países tradicionais em produção de ingredientes para cervejas; e selecionadas por uma equipe capacitada com a preocupação de levar aos consumidores um produto inovador e saboroso.

Cerveja do estilo Cofee Stout, a Blondine Volcano Cofee Stout tem café 100 % arábica em sua receita. Ela é vendida em garrafas de 310 ml com bons 7,5 % de graduação alcoólica e 40 IBUs de amargor, ela é uma cerveja preta, opaca, com espuma cremosa bege de excelente formação e duração, em seu aroma, café e torrado do malte de forma intensa, aroma destacado, como costumo dizer, uma cerveja perfumada, excelente aroma mesmo. Seu sabor bastante marcante te dá a sensação de estar bebendo um café espresso sem açúcar, gelado e com um pedaço de chocolate amargo nesse café, ou seja, um sabor bastante amargo, mas que de forma alguma faz da Blondine Volcano Cofee Stout uma cerveja ruim de se beber, muito pelo contrário, uma estupenda Stout para ser bebida com calma, apreciando essa bela receita. No meio disso tudo nem dá pra perceber os 7,5 % de sua graduação alcoólica.

Cerveja vendida em lojas especializadas em cervejas tanto on-line quanto físicas. Eu encontrei essa bela cerveja no Festival da Cerveja Artesanal  que aconteceu no Memorial da América Latina nos dias 3 e 4 de setembro. E você que está lendo esse post, já bebeu a Blondine Volcano Cofee Stout? O que achou dela? Gostou ou não gostou?? Fala pra gente tanto aqui no post, ou, se você preferir manda um e-mail para bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br, sejam sempre bem vindos ao nosso blog.

Saúde gente!

Onde encontrei: Festival da Cerveja Artesanal (Memorial da América Latina)

Valor: R$ 20,00

Cerveja Votus 005 – Weissbier

Cerveja Votus 005 Weissbier

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês??

Hoje a cerveja da vez é um dos meus estilos favoritos, e a cervejaria em questão até agora só mandou cerveja da melhor qualidade aqui no BMdC. Sim, estamos falando da Cervejaria Vótus da cidade de Diadema – SP, que já passou aqui no blog com a excelente Votus 003 – Doppelbock, a Votus 004 – Brown Ale, e a Votus 006 – German Pils, agora é a vez da Votus 005- Weissbier, estilo que quem acompanha esse blog há algum tempo sabe que é o estilo preferido daqui do blog.

Conforme falamos no primeiro post dedicado a Cervejaria Votus “Cervejaria que chegou ao mercado no final de 2014, seu nome, segundo o site da cervejaria (www.cervejavotus.com.br) “vem do latim, que em português significa voto, no sentido de que todos nós podemos, e devemos manifestar nossa opinião sobre algo ou alguém”. Uma curiosidade muito interessante sobre essa cervejaria é que seus produtos não contêm nomes e sim numerações que vão da Votus 001 – American IPA, Votus 002 – Belgian Trippel, Votus 003 – Doppelbock, Votus 004 – Brown Ale, Votus 005 – Weissbier (a cerveja de hoje), e a Votus 006 – German Pils”. Sacada muito interessante da Cervejaria Votus.

Vendida em garrafas de 300 ml, com 5,1 % de graduação alcoólica e apenas 13 IBUs de amargor, a Votus 005 – Weissbier é uma cerveja de cor alaranjada beeeem turva com uma espuma branca bonita de boa formação, mas, com pouca duração. Seu aroma não difere em nada das Weissbiers do Sul da Alemanha, um aroma bastante frutado, lembrando banana e cravo e seu sabor acompanha perfeitamente o aroma, trazendo também o sabor ora ácido ora azedo, tradicional de uma Weissbier. Cerveja muito gostosa de se beber, e como diz em seu site (www.cervejavotus.com.br), “ela é uma substituta ideal da cerveja tipo Pilsen como a cerveja de todos os dias”.

E novamente, segundo seu site, a Votus 005 – Weissbier combina muito bem com pratos apimentados, como comida mexicana, tailandesa, indiana e chinesa. Além desses pratos, também combina com carnes de porco assada, churrascos, frutos do mar e alguns queijos como ricota e mussarela de búfala.

Encontrada em lojas especializadas em cervejas especiais, tanto físicas quanto virtuais e bons bares especializados em boas cervejas. Mais uma vez, eu não estou ganhando nada em falar desse lugar, mas sou do tipo de pessoa que valoriza um bom lugar e um bom atendimento, eu encontrei essa cerveja em uma belíssima loja especializada em cervejas aqui em Santo André chamada Mais Uma Dose. Quem estiver lendo esse post e for da região do ABC, recomendo fortemente uma visita a essa loja, principalmente aos sábados, pois nesse dia sempre tem um bom Food Truck na porta da loja (endereço abaixo) Se você já experimentou a Cerveja Votus nº 005 – Weissbier, me fala o que achou dela, se gostou ,se não gostou. Criticas, dúvidas, sugestões são sempre bem vindas tanto aqui no blog quanto no nosso e-mail bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br.

Forte abraço a todos, boas cervejas!! Cheers!!

Onde encontrei:

Loja Mais Uma Dose (www.maisumadose.net) Rua Doutor Eduardo Monteiro, 158 – Jardim Bela Vista – Santo André – SP

Valor: R$ 80,00 (Kit completo, 05 cervejas + copo)

Cerveja Mediterrânea Marina Bay

Cerveja Mediterrânea Marina Bay

Boa noite galera cervejeira, tudo bem com vocês?

O radar do BMdC volta a apontar para a cidade de Estiva Gerbi – SP, para falar da Cervebjaria Mediterrânea, famosa por utilizar em suas receitas folhas de oliva para fazer uma sinergia entre o amargor das folhas e do lúpulo. Já falamos de algumas cervejas dessa cervejaria inovadora, e hoje, a cerveja da vez a desfilar aqui no blog é a Mediterrânea Marina Bay, uma bela Mild Ale.

Suavidade, essa é a palavra que define essa cerveja de estilo inglesa, em que o nome já diz tudo pois “Mild” em inglês significa “suave”. Ela é uma cerveja da família Ale, aquelas cervejas que utilizam leveduras de alta fermentação, ou seja, aquelas leveduras que necessitam de uma temperatura um pouco maior para trabalhar a pleno vapor.

Gosta de espuma? Então você vai se apaixonar por essa cerveja.

Vendida em garrafas de 300 ml, com apenas 4,03 % de graduação alcoólica e somente 15 IBUs de amargor, ela é uma cerveja de cor castanho escuro turvo com uma espuma que é um espetáculo à parte. Geralmente, as cervejas da Mediterrânea têm espuma bastante volumosas, mas na Mediterranea Marina Bay ultrapassou todos os limites, após a abertura da garrafa, começou a sair espuma em grande quantidade, tive que esperar um pouco a cerveja se “acalmar” na garrafa para servir. Espuma de cor bege bem suave, ela tem além dessa espetacular formação, sua duração também é muito boa, deixando marcas de espuma nas laterais. Seu aroma tem predominância das folhas de oliva, e mesmo a folha de oliva sendo algo bastante amargo, seu aroma é adocicado, um pouco caramelado e o sabor, muito suave e adocicado, segue o aroma, praticamente não se encontra amargor nessa cerveja, coisa que é normal do seu estilo. Confesso que no início estranhei isso pelo fato de as folhas de oliva potencializarem o amargor da cerveja, mas com o passar dos goles, comecei a me adaptar e gostar muito dessa baixinha.

Conforme nós comentamos na primeira postagem sobre a Cerveja Mediterrânea, se você que está lendo essa postagem e se interessar em saborear essa cerveja acesse o site (www.cervejamediterranea.com), eles entregam para todo o Brasil, se você mora em São Paulo, pode encontrá-la no Empório Alto de Pinheiros, referência cervejeira em São Paulo. E se já experimentou a Cerveja Mediterrânea Marina Bay e quer fazer um comentário, uma crítica ou uma sugestão, fique à vontade, tanto aqui na página quanto no nosso e-mail bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br. Boas cervejas a todos! Cheers!!

Cerveja Baden Baden 5 Grãos

Cerveja Baden Baden 5 Grãos

Olá galera cervejeira!! tudo bem com vocês??
Hoje é dia de lançamento no BMdC!!! Falaremos de uma cerveja recém lançada no mercado nacional pela Baden Baden, já conhecida aqui de quem acompanha o blog. Só que a cerveja de hoje tem algo MUITO especial, e você que está lendo esse post deve estar se perguntando o porquê. Geralmente, as cervejas nacionais tem um ou dois tipos grãos em sua receita, e nesse caso é ou somente a cevada, ou a cevada com trigo (ou milho na maioria dos casos rsrsrsrs). Só que nessa cerveja, o próprio nome dela já diz tudo, ela usa 5, isso mesmo, CINCO grãos diferentes!!! Senhoras e senhores, apresento à vocês a Baden Baden 5 Grãos.
Cerveja do estilo Speciality Beer, a Baden Baden 5 Grãos tem, anote aí: Cevada, Trigo, Amaranto, Aveia e Quinoa. Ao contrário das nossas cervejas que ou tem apenas cevada, ou cevada + milho (o mais comum) ou cevada + trigo.

Cerveja com espuma branca muito bonita
Vendida em garrafas de 600 ml, com 5,4 % de graduação alcoólica e com apenas 12 IBUs de amargor,  a Baden Baden 5 Grãos é uma cerveja de cor dourada translúcida, um pouco mais clara que as nossas cervejas tradicionais “tipo Pilsen”, porém, com uma espuma branca densa, com bolhas pequenas que dão um aspecto muito bonito no conjunto. No aroma, o trigo toma conta, com seus aromas agradáveis de pão, banana e cravo. Parecia que estava tomando uma bela Hefe-Weissbier como uma Weihenstephaner ou até mesmo a versão Weiss da Baden Baden. No sabor há mudanças sutis, continua a sensação de beber uma tradicional cerveja de trigo, mas aí entra em cena a aveia, deixando o paladar dessa cerveja mais cremosa, e os outros grãos deixam o gosto dessa cerveja mais cítrica, um pouco mais picante, levemente amarga e menos acida em relação a uma cerveja que tem em sua receita apenas trigo e cevada.
Segundo seu rótulo, a Baden Baden 5 Grãos combinam muito bem com Lombo Assado, embutidos em geral, queijos Gruyére e Brie.
Mesmo sendo um lançamento, ela é uma cerveja que pode ser facilmente encontrada em hipermercados, bares e restaurantes. Se você já experimentou a Baden Baden 5 Grãos fala pra gente o que achou dela, se gostou dela, se não gostou dela, gostamos muito de ler e saber a opinião da amiga cervejeira, do amigo cervejeiro. Sejam sempre muito bem vindos ao nosso blog.
Saúde a todos e ótimo final de noite!!!

Cerveja Oak Bier American Lager

Cerveja Oak Bier American Lager

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês?

O legal de você poder sair para eventos e festivais cervejeiros é que você pode encontrar verdadeiros tesouros “escondidos” não é verdade? Após frequentar esses eventos acabei encontrando muita gente boa, e que trabalha com cerveja de qualidade, esse é o caso da cervejaria que falaremos hoje, a Oak Bier, que conheci em um evento no Memorial da América Latina há alguns dias atrás e gostei muito de suas cervejas, tanto é que acabei ficando com duas garrafas, cada uma de um estilo diferente, o estilo de hoje, é a conhecida American Lager, e a outra, que falaremos em breve é uma bela IPA.

E quem acompanha esse blog sabe que eu gosto de sempre falar além da cerveja em questão, falar da história da cervejaria, no evento, acabei conhecendo a Sabrina, pessoa muito simpática que me direcionou para o Pedro Otávio, que também é membro da equipe Oak Bier, que me falou em detalhes sobre essa cervejaria, fala aí Pedro Otávio:

“A Oak nasceu em 2011, na cidade de Fartura, no sul do Estado de São Paulo. É fruto do sonho de três dos irmãos Carvalho – Ricardo, Ivan e Isnar, aproveitando a expertise de Ricardo, químico com doutorado em cerveja, com longa experiência em grandes e pequenas cervejarias. O nome é a simples tradução do sobrenome da família Carvalho (Oak em inglês)e é apropriado para associar a cerveja à sofisticação e tradição na produção de fermentados de qualidade. É também uma ótima forma de homenagear o avô Eduardo e o pai Lafaiete, que durante anos eram donos de bar naquela cidade”.

“A cervejaria nasceu junto com um bar, também em Fartura. Enquanto o bar continua lá, a fábrica se foi para Embu das Artes e hoje possui capacidade produtiva de 60.000 litros mês”. 

“Desde o seu nascimento a OAK produz o estilo tipo American Lager, com atenção de mãe zelosa em todas as etapas de fabricação da bebida. Segue a lei de pureza da Baviera, em vigor desde 1516. O cuidado começa na seleção dos quatro ingredientes que compõem o chope – o malte, a água, o lúpulo e a levedura, portanto, é puro malte de cevada”.

O estilo American Lager faz parte da família das cervejas de baixa fermentação, ou seja, aquela cerveja em que o tipo de levedura ou fermento precisa de uma temperatura mais baixa para trabalhar, ao contrário das leveduras das cervejas da família Ale que necessita de temperaturas mais altas para trabalhar em pleno vapor.

Detalhes da bela espuma produzida pela Oak Bier American Lager

Cerveja vendida em garrafas de 600 ml com 5% de graduação alcoólica e apenas 15 IBUs de amargor, A Oak Bier American Lager tem uma coloração dourada cristalina, limpa, translúcida com espuma branca com bolhas bem pequenas que dão um aspecto muito bonito, com ótima formação e duração que vai diminuindo até ficar uma fina camada até o final do copo. No geral, cervejas da família Lager não tem um aroma muito diferenciado, mas a Oak Bier American Lager tem um suave aroma herbal proeminente do seu “blend” de lúpulos, na falta de um tipo de lúpulo, são três: Magnum Alemão, Hallertav Tradition e Tettnanger. Esses lúpulos também vão contribuir com o sabor da Oak Bier American Lager, se no início do gole ele é mais adocicado pelo malte Pilsen utilizado, no final do gole o amargor se faz presente graças aos lúpulos utilizados. Cerveja bem leve e muito refrescante, daquelas que se você levar para um churrasco, vai fazer uma bela presença com os amigos.

E como gosto de mostrar para a amiga cervejeira, e o amigo cervejeiro que lê o BMdC onde podem encontrar as cervejas que passam por aqui, o Pedro Otávio fez um grande favor de listar uma série de endereços onde você pode beber as cervejas da Oak na pressão. Se caso você quiser experimentar essa cerveja mas mora longe desses endereços que passarei, manda um e-mail para sac@oakbier.com.br :

5 Pratos / Red Bul Praça Da Bandeira, 137, São Paulo/ Sp – 01007-020
A Dogueria Rua Booker Pittman, 230, São Paulo/ Sp – 04719-060
Bar Balcão Rua Melo Alves, 150 – Cerqueira César, São Paulo – SP, 01417-010
Bar E Lanches 497 Ltda Rua Costa de Carvalho, 497
Beer More Beer Praça Oswaldo Cruz, Sn, São Paulo/ Sp – 04004-070
Bendito Seja R. Eugênio de Medeiros, 652-672 – Pinheiros, São Paulo
Bem Brasil Rua Joaquim Santana, 63, Embu/ Sp – 06803-370
Boteco Da Fazenda R. Boa Vista, 77 – Centro, Embu das Artes – SP, 06803-350
C.O.D. Rua Alagoas, 900 , – Lado Par – Loja 4A, São Paulo/ Sp – 01242-000
Cantina Di Bari Rodovia Raposo Tavares, 17, São Paulo/ Sp – 05577-000
Great Barbearia Rua Engenheiro Jorge Oliva, 406, São Paulo/ Sp – 04362-060
Kilua Avenida Corifeu De Azevedo Marques, 879, – Até 1299 – Lado Ímpar, São Paulo/ Sp – 05581-000
Lambe Lambe Gastronomia Eirele Epp Rua Aracaju, 239, São Paulo/ Sp – 01240-030
Marreta R. Purpurina, 293 – Vila Madalena
Padrinho Rock Bar Rua Maria Quintina Dos Santos, 76, Osasco/ Sp – 06122-190
Ponto Da Vila Rua Cabral De Menezes, 13, São Paulo/ Sp – 05590-050
Suri Ceviche Bar Rua Mateus Grou, 488, – Lado Par, São Paulo/ Sp – 05415-040
Modi R. Alagoas, 475 – Higienópolis, São Paulo – SP
Lanchonete Big Pizza Praça Quatorze Bis, 76 – Bela Vista, São Paulo – SP, 01312-010
Padaria Vipão R. Ferreira de Araújo, 604 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05428-001
Mercado Rainha Rua Cunha Gago, 431 – Pinheiros – São Paulo – SP
Padrão R. Fernão Dias, 544 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05427-011
Clã Destino R. Maria José, 423 – Bela Vista, São Paulo – SP, 01324-010
Santa Torta R. Paraopeba, 41 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05429-020

E você que está lendo essa postagem, já bebeu a Oak Bier American Lager? Gostou dela? Não gostou dela? Fala pra gente aqui no post ou então no bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br

Saúde gente bonita!

 

Cerveja Bella Craft Beer Session IPA #invasaocarioca – Parte 05

Cerveja Bella Session IPA

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês??

No post de hoje vamos aprender que cerveja é amor!! Mas como assim BMdC?? Cerveja é combustível para amizade, boas histórias, mas também pode ser uma declaração de amor, e no caso da cervejaria em questão, o seu nome é uma homenagem à pessoa amada. Estamos falando da Bella Craft Beer, cervejaria do Rio de Janeiro, e a cerveja de apresentação dessa “bella” cervejaria é a Bella Session IPA, uma cerveja com aroma, sabor e amargor de uma IPA, mas com menos corpo e menos teor alcoólico para quem quiser beber em maiores quantidades.

Conversando com o dono da cervejaria, o grande Cosme, pessoa muito simpática, ele me explicou que a Bella Craft Beer iniciou suas atividades como uma cervejaria caseira em Janeiro de 2014, até que em Março desse ano foi formalizada a marca e começou a ser uma cervejaria artesanal de estilo cigano, que como já comentamos em outros posts, significa que você faz a receita da cerveja na sua casa, do seu jeito e gosto, e repassa para uma cervejaria fazer essa cerveja pra você. Em Maio foi lançada a Session IPA, e não parou por aí, nesse mês de Setembro, foi lançada a Bella Witbier, e em Outubro eles já vão lançar outro rótulo no Mondial de Lá Biere, no Rio de Janeiro. E o nome Bella, vem de Isabella, esposa do Cosme! Por isso que no início do post falei que a cerveja pode e deve ser também uma linda declaração de amor!

Gosta de espuma cremosa?? A Bella Session IPA vai te agradar muito!!

Cerveja vendida em garrafas de 600 ml, e como uma boa Session IPA tem que ser, apenas 4,5 % de graduação alcoolica. A Bella Session IPA é uma cerveja de cor dourada translúcida que tem uma bela espuma branca com bolhas bem pequenas que acabam deixando um aspecto mais cremoso dessa espuma. Seu aroma é bastante herbal, aroma de uma IPA bem tradicional que agradou bastante por aqui, seu sabor me surpreendeu por alguns motivos, o primeiro pelo amargor um pouco mais forte que eu imaginava, mas depois, acredito que me acostumando com o sabor da Bella Session IPA, esse amargor diminuiu, sabor de frutas tropicais como maracujá e manga, e outra coisa interessante dessa cerveja, além dos quatro elementos básicos da cerveja: água, malte, lúpulo e fermento, a Bella Session IPA também tem em sua receita aveia! E com esse ingrediente, a Bella Session IPA ficou com um paladar mais cremoso, bastante agradável. Cerveja bastante refrescante como uma boa cerveja carioca tem que ser, devido ao calor forte que tem em tão belas terras.

E pra quem tem Instagram, esse post faz parte do #belladay que a @confraria27 está realizando hoje. E o que é o #belladay BMdC? Todos os 27 perfis que compõem a confraria estará postando sobre a Bella Session IPA, ótima oportunidade de ler mais à respeito da cerveja em questão, pois somos pessoas diferentes com opiniões e sensações diferentes. Se tem Instagram, participe! Não sabe o que é a @confraria 27? Clique aqui para você conhecer.

No Rio de Janeiro sei que há vários lugares que vendem essa bela breja, e aqui em SP recentemente ela desembarcou no Empório Alto de Pinheiros, referencia cervejeira aqui em SP. Agora, ficou na dúvida se onde você minha amiga leitora, meu amigo leitor mora tem a Bella Session IPA, entra no Instagram deles @bella_craft_beer que eles têm uma relação de locais que vendem sua cerveja.

E aí, já bebeu a Bella Session IPA? O que achou dela? Curtiu? Não curtiu? Fala pra gente aqui no post ou no nosso e-mail bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br seja sempre bem vindo nesse espaço que criamos com muito carinho para a amiga cervejeira e para o amigo cervejeiro. Saúde à todos!

Cerveja Clandestina Black IPA – 01 Ano de BMdC!!!!

Cerveja Clandestina Beer Black IPA

Olá gente bonita que gosta de boa cerveja! Tudo bem com vocês?

Hoje é um dia de muita alegria aqui no blog!!! Hoje completamos um ano que começamos a falar de cerveja nesse espaço. E graças à Deus, nesse ano tivemos muitas conquistas, e a mais importante, muitos amigos, amigos de verdade, que graças a esse blog pude conhecer. E por falar em amigos, a cerveja de hoje que vocês pode ver na foto acima veio toda escondida num saquinho plástico e de forma clandestina (rsrsrsrs) foi apresentada por um grande amigo e conhecedor de cervejas, o Diego do Instagram @vaiumabrejaai, ele tem amizade com o dono, e sempre falando bem de suas cervejas, fiz questão de experimentar uma, e olha que ótima idéia eu tive, pois é uma belíssima cerveja. Apresento à vocês a Clandestina Beer, e ela aparece aqui no BMdC com uma cerveja digamos, diferente, a Clandestina Beer Black IPA.

E ninguém melhor para apresentar essa bela cervejaria que o seu dono, com vocês, Renato Neto. Fala aí Neto!

“A Clandestina Beer começou em Agosto de 2015 com uma pequena produção em um apartamento, hoje somos quatro amigos que buscam “atravessar fronteiras” com novos sabores, ideias e cervejas!! 
Buscamos sempre fazer cervejas diferentes, mostrar que cerveja não é só uma. Somos artesanais e isso não nos impede de criar!!
Espero que possamos chegar a cada um que queira uma nova experiência”. 

O estilo Black IPA é relativamente novo no mercado cervejeiro, tem todos os elementos de uma IPA, aroma lupulado e sabor amargo, porém, com uma particularidade: ela tem a cor escura como uma bela Stout. E porque eu comentei acima que ela é diferente? Por causa de certa “polêmica” no mundo cervejeiro sobre o nome do estilo. Se “Pale” em inglês quer dizer “palha” ou até mesmo “claro” fica uma coisa estranha uma cerveja que se diz clara no nome ser bem escura, não é mesmo? Por isso você pode encontrar no mercado nomes diferentes como Dark IPA, Índia Black Ale, Cascadian Dark Ale, Índia Dark Ale e também Índia Brown Ale, toda essa gama de nomes querem dizer sobre a mesma cerveja. Agora, na minha opinião, esse negócio de nome não importa, o importante é ter uma boa cerveja para beber, independente se ela tem uma cor escura como a noite mas amarga como uma tradicional IPA, ela sendo uma boa cerveja tá valendo, e esse é o caso da Clandestina Black IPA.

A espuma da Clandestina Black IPA é de chamar a atenção!

Vendidas em garrafas de 600 ml, com 7,4% de graduação alcoólica, e bons 70 IBUs de amargor, num primeiro momento a Clandestina Beer Black IPA chama a atenção por causa de sua embalagem muito criativa e caprichada. Digamos que, ela não tem rótulo! E sim um saquinho como referencia as cervejas que eram vendidas durante a Lei Seca nos Estados Unidos, e também porque até hoje, lá nos EUA não se pode andar na rua com uma garrafa ou lata de bebida alcoólica a mostra, se não, você será convidado a visitar o xilindró. Então, quem curte beber na rua anda com sua garrafa de bebida escondida num saquinho de papel. Sacada genial! Cerveja de cor negra opaca com uma espuma bege de ótima formação e duração, pois fica um anel de espuma até o final do copo. Seu aroma varia, quando abri a cerveja, com ela mais gelada, percebia mais um aroma torrado do malte utilizado, mas quanto mais a cerveja ficava aquecida, o aroma do lúpulo começou a mostrar as caras, me lembrando de que eu estava tomando uma IPA (rsrsrsrs). Seu sabor tem a pegada de uma Stout, lembra muito um café gelado sem açúcar, mas com amargor potencializado pelo lúpulo a mais que sua receita tem no final do gole o amargor aumenta mais um pouco, sem exageros, aqui temos um caso de uma cerveja equilibrada em aroma e sabor, pois, mesmo na etiqueta da garrafa constar que ela tem 70 IBUs, esse amargor todo não é percebido no gole. Sim, ela é mais amarga que uma Stout tradicional, mas nada desagradável, com aquele amargor resinoso. Cerveja pra se repetir quando tiver oportunidade.

BMdC, gostei demais dessa cerveja, e quero comprar, onde eu a encontro?? No momento, a melhor maneira é falando diretamente na página do Instagram @clandestinabeer, ou no Facebook www.facebook.com/clandesbeer/?fref=ts. E você que já experimentou essa beleza de cerveja, gostou da Clandestina Black IPA? Não gostou? Manda pra gente sua opinião tanto aqui no post quanto no nosso e-mail bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br, sua opinião é de EXTREMA importância.

E meu muito obrigado de coração à todos os amigos que acompanham esse blog tanto aqui, quanto no Facebook ou no Instagram, sejam bebedores de cerveja, mestres cervejeiros, donos de cervejaria, o meu muito obrigado de todo o coração, vocês são o combustível para o blog ser a cada dia que passa mais completo. E vamos em frente a falar de cerveja boa!

Cerveja Baden Baden Witbier

Cerveja Baden Baden Witbier

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês?

Ela voltou! Depois de algum tempo longe do BMdC, a Baden Baden, cervejaria de Campos do Jordão – SP está de volta no blog! Depois de passar pelo blog com suas Baden Baden IPA, Baden Baden Weiss, Baden Baden Golden e Baden Baden Chocolate, hoje vamos falar de uma cerveja que cai muito, mas muito bem nesse calor doido que estamos passando, a Baden Baden Witbier.

Estilo muito apreciado aqui no BMdC, a Witbier já passou aqui em várias postagens como na Amazon Beer Witbier Taperebá, Suméria Cambuça Blanche, Lhama Loca Witbier e a Ditriguis, e esse estilo tem como característica ser uma cerveja de trigo com sementes de coentro e raspas de laranja em sua receita, podendo mudar, colocando mais ingredientes como no caso da Suméria com o Cambuci, e a Lhama Loca com o Cardamomo.

Cerveja com uma linda espuma branca e cremosa

Cerveja vendida em garrafas de 600 ml com 4,9 % de graduação alcoolica, ela tem uma diferença visual em relação à maioria das Witbiers que experimentei, pois, ao invés de ter uma coloração amarela mais fraca e opaca, a Baden Baden Witbier tem uma coloração opaca, mas com uma cor muito mais viva. Isso é um problema? Claro que não, mas é um ponto que achei interessante falar. Sua espuma é muito bonita depois de servida no copo, com bolhas bem pequenas e coloração bem branca que dá uma sensação bastante cremosa, tem ótima formação e média duração a sua espuma. Seu aroma é mais suave em relação a outras Witbiers, predominando o cítrico da casca de laranja, e o engraçado é que sendo o aroma mais suave, mais discreto em relação a outras Witbiers já experimentadas, seu sabor se mostrou mais robusto, não se encontra praticamente amargor nessa cerveja, mas mesmo assim ela é  bem saborosa, leve, refrescante, muito bem carbonatada e deixando um gosto da laranja no final do gole. Uma cerveja muito gostosa, uma bela representante nacional da família das Witbiers.

Cerveja reconhecida e premiada fora do Brasil, a Baden Baden Witbier ganhou Medalha de Prata no South Beer Cup em 2014 e na International Beer Challenge na Inglaterra ela conquistou Prata em 2015 e sua consagração em 2015 arrematando pra casa tanto a Medalha de Ouro quanto a Supreme Champion desse campeonato!!! Essa cerveja não é fraca não minha amiga e meu amigo que lê esse blog!!!

Detalhes de seu rótulo

Segundo seu site (www.badenbaden.com.br) a Baden Baden Witbier combina muito bem com peixes suaves, sushi, frutos do mar, queijo Brie, Camembert e queijos de cabra.

Ela hoje em dia é facilmente encontrada em bons supermercados, lojas especializadas em cervejas, distribuidoras, lanchonetes e restaurantes. E vc amiga cervejeira, amigo cervejeiro que lê esse post, já bebeu a Baden Baden Witbier?? E aí, gostou?? Não curtiu?? Deixa seu recado aqui no post mesmo, ou se quiser, mande um e-mail para bebacomagente@blogmundodacerveja.com.br

Sejam sempre bem vindos nesse espaço!!!

Onde encontrei: Pão de Açúcar

Preço: R$ 16,50