Resenha Cervejeira: Lohn Catharina Sour Café e Framboesa

25 de novembro de 2020 0 Por blogmundodacerveja

Por: Mari Linhares/Pedro Freitas

 

Olá galera cervejeira, tudo bem com vocês?

A cervejaria que é rainha das Catharinas Sours tá de volta ao BMdC!! Estamos falando da Cervejaria Lohn, e hoje ela terá uma mistura bastante incomum de frutas, mas com um resultado que surpreendeu (olha aí o spoiler), vamos falar hoje da Lohn Catharina Sour Café e Framboesa.

Conheça a Cervejaria Lohn

Conforme comentado nas postagens anteriores, vimos na página da cervejaria (www.lohnbier.com.br) a seguinte informação: “Inaugurada em outubro de 2014, a Lohn Bier é uma cervejaria tipicamente familiar, nascida do hobby de um de seus membros em produzir cervejas artesanais. Do sobrenome alemão Lohn, oriundo da matriarca da família, vem a tradição e a excelência germânicas, que refletem no dia-a-dia da empresa e na qualidade superior de suas cervejas“. 

Conheça o estilo Catharina Sour

O estilo Catharina Sour é um estilo novo e brasileiro. E já que adoramos explicar da melhor maneira possível os detalhes dessa bebida maravilhosa, pesquisamos sobre o assunto, e achamosi uma matéria bastante detalhada na Tribuna da Cerveja (www.tribunadacerveja.com.br/catharinasour) assinada pela jornalista Luciana Amaral, e lá explica que “no final de 2014, diversas cervejarias catarinenses foram, aos poucos, lançando cervejas baseadas no estilo Berliner Weisse, da escola alemã, com adição de frutas. Contudo, a Catharina Sour só passou a se delinear como um estilo propriamente dito a partir de 2016, quando foi popularizada graças ao trabalho de divulgação da Acasc e dos cervejeiros do Estado”. 

A cerveja leva adição de frutas regionais, é acidificada com lactobacilos e fermentada com cepas de leveduras neutras de alta fermentação. A Catharina Sour não está, por enquanto, oficialmente registrada no Beer Judge Certification Program (BJCP), mas esta realidade, de acordo com o presidente da Acasc, poderá mudar em breve”. 

Cerveja vendida em garrafas de 330ml, com 4,0% de graduação alcoólica e apenas 05 IBUs de amargor.

Cerveja de coloração amarelada, límpida, com espuma branca de boa formação, porém, baixa duração, rapidamente não teve mais espuma na taça. No aroma, há uma bela divisão entre o café e a framboesa, com os dois ingredientes sendo bem perceptíveis no olfato. Na boca, aquela acidez maravilhosa de sempre, sem ser muito potente, mas bem notável além da inclusão dos dois ingredientes que também ficaram bem perceptíveis igual ao aroma. Somos suspeitos para falar dessa cerveja, pois gostamos demais de cervejas ácidas, e essa aqui está muito bem feita, com uma mistura que num primeiro momento pareceu incomum, mas que trouxe um resultado muito bom. 

Você que está lendo esse post, já bebeu a Lohn Catharina Sour Café e Framboesa ou outra cerveja da Cervejaria Lohn? O que achou, gostou ou não gostou? Fala pra gente aqui no final do post, sua opinião tem muita importância pra gente.

Saúde galera cervejeira, bora beber!!