BMdC Entrevista: Luiza Tolosa e Victor Marinho (Cervejaria Dádiva)

BMdC Entrevista: Luiza Tolosa e Victor Marinho (Cervejaria Dádiva)

15 de março de 2019 0 Por blogmundodacerveja

Por: Lisandra Coimbra (Lead Co.)/Pedro Freitas

 

No dia 23 de março, uma das maiores cervejarias artesanais do Brasil comemora 05 anos de vida!! A Cervejaria Dádiva é uma jovem cervejaria artesanal que iniciou suas atividades no dia 27 de fevereiro de 2014, e de lá pra cá conquistou um grande respeito por quem entende e ama cerveja, além de muita experiência, com um número incrível de rótulos produzidos (mais de 100), casa de várias cervejarias ciganas, e com sede de muito mais conquistas. E aproveitando o clima da festa de 05 anos da Dádiva, o BMdC tem o prazer de entrevistar a fundadora da Cervejaria Dádiva, Luiza Tolosa, e o Mestre Cervejeiro Victor Marinho.

BMdC – Qual palavra define essa marca de 05 anos de Cervejaria Dádiva pra vocês?
Luisa/Victor – Evolução.
BMdC – Dos mais de 100 rótulos produzidos pela Cervejaria Dádiva, há algum rótulo em especial que vocês tenham um carinho diferenciado, ou que foi um divisor de águas na história da Dádiva?
Luisa/Victor – Venice Beach: lançada em dezembro de 2015, por ter sido a nossa primeira cerveja em lata e por ter sido uma das precursoras neste tipo de embalagem para cerveja artesanal. Foi um produto do começo ao fim inovador e com um conceito muito redondo.
DUO: esta é por ter sido a primeira cerveja envelhecida em madeira da Dádiva e por ser a minha cerveja preferida da Dádiva (Luiza falando). Foi feita em comemoração aos nossos 2 anos.
BMdC – E hoje em dia, além de produzir para várias ciganas, a Dádiva também tem uma distribuidora. Tem muita gente que não sabe disso, conta um pouco sobre a Distribuidora Dádiva.
Luisa/Victor – A Distribuidora é uma empresa montada para resolver um problema que começávamos a ver com cada vez mais frequência. Muitas marcas tinham conceitos fortes, identidade, posicionamento, mas careciam de uma estrutura de back office para fazer a distribuição. Distribuição é uma das etapas mais difíceis de um negócio. Vender, faturar, entregar, cobrar não é trivial. Percebemos que tínhamos este know how e poderíamos oferecê-lo a outras marcas. Por isso, fomos criando um portfolio com marcas que confiamos e acreditamos no potencial de crescimento. Hoje temos muito orgulho do nosso portfolio: Suricato, Treze, Japas, Quatro Graus, Minimal, Mafiosa, Augustinus.
BMdC – Olhando pra trás desde aquele 27 de fevereiro de 2014, o que mais orgulham vocês na história da Cervejaria Dádiva?
Luisa/Victor – Fábrica é algo concreto ne? Então ver a fábrica crescendo fisicamente é algo que mostra o quanto evoluímos de forma bem concreta. Agora, ver uma pessoa desconhecida pedindo uma Dádiva num bar ou restaurante sempre vai me deixar feliz, como se fosse a primeira vez que isso acontecesse (Luiza falando).
BMdC – Como vocês imaginam que a Cervejaria Dádiva estará daqui há 05 anos?
Luisa/Victor – Em mais lugares, falando com mais gente, oferecendo produtos para quem valoriza o que é artesanal (e que sejam mais e mais pessoas). 
BMdC – E a festa de comemoração aos 05 anos de Cervejaria Dádiva, o que vocês podem falar sobre ela pra quem está lendo essa entrevista?
Luisa/Victor – Estamos preparando a festa há meses, com muito carinho. A rua estará fechada para conseguirmos aproveitar o espaço com mais segurança e conforto. As músicas estão sendo providenciadas por bandas cervejeiras. Teremos chopes de várias marcas que trabalham conosco. Tudo bem cervejeiro e feito com muita dedicação para todos aproveitarem e comemorarem conosco!